Arxiu mensual: octubre de 2014

Mais de 100 mil pessoas voltam a pedir a independência da Catalunha

TVi24

Publicado originalmente em 19/10/14

Assembleia Nacional Catalã exigiu eleições plebiscitárias dentro de três meses

 A Assembleia Nacional Catalã (ANC) exigiu, este domingo, que Artur Mas, o presidente do Governo da Catalunha, convoque eleições plebiscitárias dentro de três meses, com o objetivo de formar um Parlamento com mandato único que declare a independência da região espanhola. Continua llegint

Artur Mas enaltece apoio de 95% das províncias catalãs ao referendo pela independência

RTP Notícias

Publicado originalmente em 04/10/14

O presidente catalão, Artur Mas, enalteceu hoje o apoio de mais de 95% das províncias da Catalunha ao referendo de 09 de novembro e lançou uma mensagem ao Governo espanhol.

“Embora tentem calar a voz do povo da Catalunha, não vão consegui-lo”, afirmou o responsável perante mais de 800 presidentes dos municípios, que aprovaram a moção em defesa do direito a decidir, citado pela agência Efe.

De um total de 947 municípios, 920 aprovaram a moção em defesa do direito a decidir [sobre a independência da região], num encontro promovido pela Associação de Municípios para a Independência (AMI) e a Associação Catalã de Municípios (ACM).

Continua llegint

Catalães vão manter convocatória de referendo

JORNAL DE NOTÍCIAS

Publicado originalmente em 03/10/14

 O presidente catalão Artur Mas e os partidos que apoiam a consulta independentista acordaram esta sexta-feira manter a convocatória para 9 de novembro e pedir ao Tribunal Constitucional que levante “com celeridade” a suspensão.

Francesc Homs, porta-voz do Governo regional, explicou que essa foi uma das principais decisões da reunião de cerca de três horas e meia entre o Governo e as forças pró-consulta, que continuará ainda esta sexta-feira à tarde.

Continua llegint

REUTERS BRASIL: Catalunha começa a organizar referendo sobre separação, apesar de veto de tribunal

REUTERS BRASIL – Publicado originalmente em 03/10/14

(Reportagem de Emma Pinedo)

MADRI (Reuters) – O líder da Catalunha criou uma comissão para supervisionar um referendo sobre a independência no mês que vem, desafiando o governo central da Espanha, que recorreu à Justiça para impedir a votação.

O presidente da rica região no nordeste do país, Artur Mas, nomeou na noite de quinta-feira uma comissão de sete pessoas para supervisionar a votação, informou o governo local em um comunicado.

Essa foi a primeira medida oficial de preparação para a votação sobre a separação de Espanha, marcada para 9 de novembro, depois que o Tribunal Constitucional concordou na segunda-feira em verificar a legalidade do referendo – uma decisão que efetivamente suspendeu a votação.

O gabinete do primeiro-ministro Mariano Rajoy se recusou a comentar.

Continua llegint

GARZÓN:”O referendo na Catalunha vai acabar por acontecer”

ENTREVISTA A BALTAZAR GARZÓN

EXPRESSO SAPO

Publicado originalmente em 02/10/14

Carolina Reis (texto) e José Caria (foto)

O ex-juiz está hoje em Lisboa para apresentar o novo livro de José Saramago, “Alabardas, Alabardas, Espingardas, Espingardas”.  O Expresso falou com ele sobre os seus novos projetos, as causas de sempre e a situação na justiça.

Apesar de estar suspenso da magistratura, ainda é chamado de super-juiz. O homem que ficou conhecido por ordenar um mandato de captura internacional para o antigo ditador chileno Agusto Pinochet, entretanto afastado da magistratura por 11 anos por ter ordenado escutas às conversas entre dirigentes de uma rede de corrupção, é hoje um advogado dedicado à promoção dos Direitos Humanos. Baltasar Garzón levou a sua fundação para a América do Sul e diz que ainda não desistiu de combater a promoção da jurisdição universal, a capacidade de julgar crimes independentemente do local onde foram cometidos e da nacionalidade dos autores.

Para continuar a ler o artigo, clique  AQUI 

FOLHA DE SÃO PAULO: Parlamento catalão dá passo adiante para realização de plebiscito

FOLHA DE SÃO PAULO

Parlamento catalão dá passo adiante para realização de plebiscito

CMAIS

Parlamento catalão dá novo passo para consulta sobre independência

BOL.UOL

Catalunha cria comissão eleitoral para plebiscito

DIÁRIO DE NOTÍCIAS

Na Catalunha também há protestos com chapéus de chuva

IONLINE

Milhares de volta às ruas para contestar suspensão do referendo

JOVEMPAM.UOL

Governo catalão rejeita desobediência civil e insiste em referendo

Artur Mas prepara alegações para levar a tribunal

Diário de Notícias

Publicado originalmente em 30/09/14

A preparação das alegações em defesa da consulta independentista da Catalunha, para apresentar no Tribunal Constitucional espanhol, deverão dominar a agenda do debate da reunião semanal do Governo catalão, que decorre hoje.

Fontes do executivo catalão explicam que o objetivo é defender, perante o TC, que se deve levantar a suspensão cautelar da consulta, que ocorreu com a decisão do tribunal de admitir a trâmite dois recursos apresentados pelo Governo espanhol.

As autoridades em Barcelona querem ainda perceber que margens têm para continuar os preparativos para a consulta de 09 de novembro, incluindo a campanha que já tinha arrancado na imprensa regional.

Continua llegint