Arxiu mensual: agost de 2014

Turismo histórico na Barcelona do tricentenário (1714-2014)

Simplesmente impressionante a longa matéria produzida em Barcelona por Andreia Marques Pereira para o jornal português Público. A jornalista percorreu a pé toda a rota turística do tricentenário, efeméride que comemora a derrota militar da cidade, em 1714, e que culminou a perda das liberdades nacionais da Catalunha. Apresentamos aqui uma versão resumida. Para ler o texto completo, acessar o link a seguir:

Em Barcelona, a liberdade anda nas bocas do mundo

Por Andreia Marques Pereira

30.08.2014

A 11 de Setembro de 1714, os barceloneses mostraram o seu “amor extremo pela liberdade”, escreveu Voltaire. Três séculos depois, assinala-se o tricentenário de um processo que pôs fim a grande parte da autonomia catalã. As comemorações lançam luzes sobre o passado para compreender o presente e antecipar o futuro. Voltamos a perder-nos por Barcelona, entre clássicos e boas novas pelo caminho.

Continua llegint

Imprensa portuguesa inicia temporada de matérias sobre o processo soberanista na Catalunha

A imprensa portuguesa começa a produzir matérias sobre o que vai acontecer nos próximos meses na Catalunha. Contudo, no artigo publicado ontem pelo jornal Público, aparece explícita a influência dos jornais publicados em Madri e subestima-se ou não leva em conta a determinação do povo catalão em pressionar suas instituições políticas a romper com as amarras jurídicas que impedem decidir democraticamente seu futuro político. Esperamos que as próximas publicações consigam captar o elemento popular que é a chave explicativa fundamental para entender a genuinidade do processo soberanista catalão. Certamente, uma aproximação no que acontece em Barcelona, e não em Madri, permitiria superar essa limitação.

 

Referendo da Catalunha não se deve realizar, mas pode ser convocado

Clara Barata

Público

Publicado originalmente em 28/08/14

Como não cometer uma ilegalidade e manter satisfeitos os independentistas mais ferrenhos? Esse é o desafio de Artur Mas, quando se aproximam datas-chaves para tomar decisões sobre a consulta popular marcada para 9 de Novembro.

Continua llegint

O jornal O Globo mostra a imagem de Dilma na campanha pela independência da Catalunha

Com informações do jornal O Globo, publicada em 24 de agosto de 2014

O diário ‘O Globo’, um dos mais importantes do Brasil, publicou uma nota sobre o ato acontecido no último domingo (24 de agosto) na Catalunha, no qual a presidenta do Brasil foi o destaque. Uma bandeira gigantesca de 15×30 metros com a imagem da Dilma Rousseff foi utilizada na campanha pela independência promovida pela Assembleia Nacional Catalã (ANC).

O ato, realizado na desembocadura de um rio na praia de Sant Pere Pescador, na região de Girona, reunindo mais de 2 mil pessoas, faz parte da estratégia de chamar a atenção de líderes mundiais para o processo vivido pela comunidade autônoma da Espanha, que se prepara para votar sobre a independência em 9 de novembro (9N).

A bandeira trazia os dizeres “Senhora presidente, catalães votam liberdade #9N2014″. Os manifestantes iniciaram o ato com caminhadas partindo das localidades vizinhas de L’escala e Empuriabrava, culminando na desembocadura do rio Fluvià, onde formaram a letra V por terra, mar e no ar, simbolizando as palavras Vontade, Votar e Vitória. Trata-se de uma prévia da manifestação gigantesca que acontecerá no próximo 11 de setembro, Dia Nacional da Catalunha, nas ruas de Barcelona.

A ação faz parte da campanha que objetiva conseguir o reconhecimento internacional sobre a causa catalã. A ANC selecionou dez líderes mundiais de países e organizações democráticas que consideram chave para a Catalunha obter apoio e decidir livremente seu futuro político.

A campanha “Assine um voto pela independência da Catalunha” chega a São Paulo

Neste final de semana e nos dois próximos, a Assembléia Nacional Catalã no Brasil (ANC-Brasil) está coletando em São Paulo assinaturas em prol da independência da Catalunha. Trata-se de uma ação que faz parte da campanha da Assembléia Nacional Catalã (ANC) “Assine um voto pela independência da Catalunha“.

A campanha foi lançada no ano passado quando ainda não se sabia se o referendo iria ser organizado ou não. Hoje, apesar de já existir acordo das forças políticas majoritárias na Catalunha para que seja feita uma consulta democrática no próximo 9 de novembro, o governo espanhol tem se manifestado reiteradamente em contra. Diante da incerteza dos acontecimentos futuros, a campanha em curso da ANC visa outorgar legitimidade diante da comunidade internacional a uma eventual Declaração Unilateral de Independência (DUI) do Parlamento da Catalunha, ao mostrar o respaldo massivo da cidadania a tamanha decisão.

Continua llegint

Catalunha: de volta na aventura da história

O blog Geografia hoje, acaba de republicar o texto jornalístico de Mauro Tracco sobre a história da Catalunha e sua vocação independentista. Intitulada “Catalunha independente”, a matéria foi publicada originalmente na revista brasilerira Aventuras na História, na edição 114 de janeiro de 2013. Veja a versão impressa no link a seguir: Aventuras na História

Tracco viajou a Barcelona, logo depois da massiva manifestação em prol da independência que reuniu 1,5 milhão de pessoas na capital da Catalunha em setembro de 2012. Lá falou com renomados historiadores, como Agustí Alcoberro, professor da Universidade de Barcelona e Diretor do Museu de História da Catalunha; e Jaume Sobrequés, catedrático da Universidade Autônoma de Barcelona. Como contraponto, tomou o depoimento também de Juan Sisinio, da Universidade de Castilha-La Mancha. O texto da matéria também foi postado no site da revista em 17/10/13.

De acordo com Wickipédia, Aventuras na História é uma revista especializada em História, publicada mensalmente pela editora Abril. É considerada a maior publicação do segmento no Brasil, sendo que em suas primeiras edições possuía claro vínculo com a revista Superinteressante, da mesma editora no país.

Os leitores compreenderão que tenhamos nomeado este post “Catalunha: de volta na aventura da história”. Pois o jogo de palavras com o nome da revista cai como uma luva para descrever o momento atual em que se encontra esta pequena grande nação sem estado da velha Europa. Na encruzilhada da história, no próximo 11 de setembro (11/9), a Catalunha comemorará 300 anos da perda efetiva da sua soberania e sairá massivamente às ruas, pelo terceiro ano consecutivo, para reivindicar os seus direitos nacionais. De fato, o povo catalão encontra-se a um passo de realizar um referendo, em 9 de novembro (9/11), para decidir se quer formar um novo estado independente. O plebiscito conta com o apoio maioritário da opinião pública local e dos partidos políticos catalães, mas sem a autorização expressa do governo espanhol.

Boa leitura!

Crédito da fotografia: Protestos pró-independência no Dia Nacional da Catalunha, em 11 de setembro (foto: Getty Images)

Continua llegint

Qual o impacto da independência da Catalunha sobre o futebol espanhol?

Os brasileiros, famosos mundialmente pela sua paixão pelo futebol, são bons conhecedores dos campeonatos europeus, especialmente o espanhol, assim como dos êxitos esportivos de “La Roja” em outrora.

As notícias sobre o processo de independência em curso na Catalunha vem despertando uma curiosidade entre muitos brasileiros: como essa separação política influenciará o futebol espanhol e se permitirá que a Catalunha desponte como uma nova potência futebolística no cenário internacional. O êxito do célebre treinador catalão Pep Guardiola com o Barça e o Bayern, times chaves por trás das seleções campeãs da Copa do Mundo em 2010 e 2014, tem acirrado mais ainda esta última indagação. Continua llegint

“Não há plano B, o plano é votar”, diz Artur Mas

Jornali

Publicado em 06/08/14

Por Joana Azevedo Viana

Líder do governo regional catalão lamenta que Rajoy não assuma a postura positiva de David Cameron

O líder da Generalitat da Catalunha não tem quaisquer planos de abandonar as aspirações de soberania de grande parte da população da região autónoma e foi isso que ontem declarou aos jornalistas. “Temos tudo pronto”, assegurou Artur Mas em Barcelona, quando questionado sobre o referendo à independência da Catalunha marcado para 9 de Novembro. “Faremos [o referendo] de acordo com uma lei catalã, porque as leis do Estado espanhol não nos permitem fazê-lo”, explicou. O referendo será assim “legal” e acontecerá como previsto, a menos que “o governo espanhol o impeça”. Em todo o caso, Mas deixou claro que não existe uma alternativa à consulta popular: “Não há plano B. O plano é votar.”

Continua llegint

Catalunha pronta para endossar soberania

LaInfo.es (pt)

Publicado originalmente em português 05/08/14 (traduzido da versão inglesa e corrigido pelo Blog Da Catalunha para o Mundo).

 O presidente catalão, Artur Mas, disse que a região “está preparada para votar no dia 9 de Novembro, sobre a sua independência da Espanha, em um referendo que é legal”, apesar da recusa do Governo de Mariano Rajoy.

Continua llegint

ANC-Brasil constitui-se formalmente como entidade própria

No último dia 29 de julho de 2014, em São Paulo, 15 pessoas participaram da constituição formal da Assembleia Nacional Catalã no Brasil (ANC-Brasil). Para tanto, foi formalizada uma Ata de Constituição e foram eleitos os cargos de coordenador, secretário, tesoureiro, responsável pela imprensa e mídias sociais, fundamentais para o funcionamento do grupo.

Constitucio ANCBrasil 29-07-14

Continua llegint

Barcelona comemora 300 anos de espírito catalão com 7 instalações públicas

Todos os anos os cidadãos da Catalunha comemoram os eventos de 11 de setembro de 1714, uma data fundamental na Guerra da Sucessão Espanhola que simboliza o que Voltaire chamou de “o amor extremo pela liberdade dos barceloneses”. Com este ano marcando o 300º aniversário destes eventos históricos, Barcelona Cultura incumbiu a Fundació Enric Miralles da curadoria de 7 instalações públicas na cidade como parte do programa Tricentenari BCN.

O resultado é o BCN RE.SET, organizado por Benedetta Tagliabue da Fundação Enric Miralles e pelo diretor de teatro Àlex Ollé, que convidaram arquitetos de diversos países a colaborarem com universidades locais e criarem instalações simbolizando 7 conceitos ideológicos e políticos: Citadela, identidade, liberdade, Europa, diversidade, democracia e memória. Estas instalações permanecerão expostas até o dia 11 de setembro. Saiba mais sobres as obras, na página do ARCH DAILY, o site de arquitetura mais visitado no mundo, agora também em português.