Arxiu de la categoria: General

Carmels i calçots: un diumenge dolç, divertit i ple d’ensenyaments

IMG_2851

Qui és de Catalunya i viu a Barcelona deu estar acostumat amb les festes religioses o tradicionals de la ciutat i moltes vegades ni se n’adona daquests esdeveniments. Peró per qui és d’un altre país i està interessat en submergir en la cultura i aprendre l’idioma és una oportunitat d’or. Especialment si s’està en família i part daquesta família és catalana, com és el meu cas.

Brasilera, vivint a la ciutat comptal des de fa un més, aquest diumenge de març fou especial. A les 11h del matí vaig sentir un so que venia del carrer. Vaig mirar per la finestra i vaig veure un munt de gent que omplia les boreres per veure passar l’Orquestra Municipal de la Guàrdia Urbana Muntada. Començava aleshores el famós llençament de caramels de la festa de Sant Medir. Continua llegint

Brams: o movimento catalão que também é uma banda

RTP NOTÍCIAS

Publicado originalmente em 19/01/15

Andreia Martins, RTP

Identificam-se desde os anos 90 como um grupo de rock catalão e a designação não poderia ser mais indicada. Brams é música mas confunde-se muitas vezes com política e ativismo. As letras e os sons que constituem a discografia deste grupo glorificam desde 1990 a emancipação e a luta pelo território.

Em entrevista à edição catalã do El País, o músico Francesc Ribera, mais conhecido por Titot, vocalista que dá a face pela banda desde o lançamento dos primeiros trabalhos, em 1990, fala da experiência pessoal e da luta dos catalães pela afirmação territorial, desde os tempos de escola. Nasceu em Berga em 1967 e iniciou-se nos movimentos políticos em 1985, pelo Movimento de Defesa da Terra.

Continua llegint

Separatismo ganha força em 2014, mas não o suficiente

JORNAL DO BRASIL

Publicado originalmente em 25/12

Mesmo com avanços, várias regiões não conseguiram independência

Agência ANSA

São vários os motivos pelos quais uma região luta por independência. Questões sociais, culturais, políticas e econômicas se diferenciam em cada caso, mas são essenciais para compreender todos eles. O ano de 2014 foi repleto de movimentos separatistas, porém, apesar de notáveis avanços por parte de alguns povos, a tão esperada independência não foi alcançada pela maioria.

    Os casos mais notáveis de 2014 foram os da Escócia e da Catalunha, que atraíram a atenção internacional por envolverem os influentes Reino Unido e Espanha, respectivamente, e colocarem em xeque a formação da União Europeia (UE).

Continua llegint

Espanha criminaliza presidente da Catalunha como estratégia para descarrilar processo de independência

Ao invés de dialogar, o governo da Espanha tomou uma decisão que deve deteriorar ainda mais a relação com a Catalunha, que pleiteia o direito de decidir sobre a independência de forma legal. Ontem, o Fiscal Geral do Estado apresentou uma denúncia ao Tribunal Superior de Justiça da Catalunha (TSJC) contra o presidente desta Comunidade Autônoma, Artur Mas. Também são alvo da denúncia a vice-presidente catalã, Joana Ortega, e a conselheira de educação Irene Rigau.

Os três estão sendo imputados pela organização da votação simbólica sobre a soberania da Catalunha ocorrida no último dia 9 de novembro (9-N), quando 2,3 milhões de catalães votaram, em escolas públicas, e 1,8 milhão manifestaram a vontade de ter um estado independente.

Mas, Ortega e Rigau estão sendo acusados de desobediência grave, prevaricação, malversação de fundos públicos e usurpação de funções. Isso porque a consulta havia sido suspendida cautelarmente dias antes pelo Tribunal Constitucional a pedido do presidente da Espanha, Mariano Rajoy. Para cada um dos crimes citados, há punições que vão de multas, inabilitação para o exercício de cargos públicos a prisão de até 6 anos.

No entanto, os fiscais da Catalunha não viam inicialmente indícios claros de crime, nem a pertinência da utilização da persecução penal para tratar desse assunto político. Algumas questões técnicas enfraquezem a denúnica. Como que uma suspensão cautelar do TC não significa que uma lei seja ainda declaradamente ilegal. Nem que uma providência desse tribunal político possa ser considerada jurídicamente uma ordem, para pode configurar-se logo a desobediência. Continua llegint

Dois milhões de Catalães desafiam a Espanha e votam por um Estado próprio

FOTOS BCN2

Os catalães protagonizaram no domingo, 9 de novembro (9N), uma grande rebelião, em ambiente cívico e festivo, diante do Governo da Espanha. Mais de 2,3 milhões de pessoas ignoraram a proibição do Tribunal Constitucional contra o referendo simbólico sobre a independência da Catalunha e depositaram nas urnas espalhadas por todas as cidades da região votos, manifestando para o mundo que têm o direito a decidir sobre o seu futuro. O que chamou mais atenção é que não houve conflito nas ruas, nem atuação policial para reprimir a organização do evento.

Pelos cálculos iniciais dos organizadores do 9N, o Sim-Sim, que significa o desejo de ter um estado próprio e que seja independente da Espanha venceu com 80,8%, o que representa 1,86 milhão de votos. Outros 10,1%  (232 mil votos) manifestaram-se pelo Sim-Não: a favor que a Catalunha se constitua como um estado próprio, mas sem sair da Espanha. Enquanto 4,5% (104 mil votos) externaram o Não categórico. Ou seja, sua oposição a alterar o status quo atual de Catalunha como Comunidade Autônoma dentro da Espanha. Os 4,6% restantes votaram em branco ou nulo. Continua llegint

Catalunha vota sobre a independência no domingo, desafiando governo espanhol

votarem

Ignorando a proibição do Tribunal Constitucional Espanhol (TC), o Governo da Catalunha e Assembleia Nacional Catalã i Òmnium Cultural – entidades da sociedade civil – mantém para o próximo domingo, 9 de novembro, a realização do referendo que perguntará aos catalães se concordam ou não com a independência.
O conselheiro da presidência do governo da Catalunha, Francesc Homs, declarou na terça-feira, 4 de novembro, após o TC proibir, pela segunda vez, que a votação seja realizada, que “tudo está pronto” para o processo participativo de 9 de novembro, que “será mantido” para “garantir a liberdade de expressão”. Continua llegint

Clipping sobre a Independência da Catalunha (em português): Sexta feira, 19 de setembro de 2014

OBSERVADOR:

Artur Mas: “Votar não divide, votar une”

O GLOBO:

Parlamento catalão aprova lei para convocar consulta sobre independência em 9 de novembro

O ESTADO DE SÁO PAULO:

Sucesso do referendo vira referência internacional para Catalunha e Quebec

O ESTADO DE SÃO PAULO:

Parlamento catalão aprova lei que permite convocar plebiscito

DIÁRIO DE NOTÍCIAS

Referendo na Catalunha “sai reforçado” por Não escocês

G1 GLOBO:

Catalunha fará referendo mesmo com ‘não’ da Escócia à independência

FOLHA DE SÁO PAULO:

Catalães separatistas viajam para apoiar voto do ‘Sim’ na Escócia

REVISTA EXAME:

5 novos países que podem surgir em breve

Continua llegint

Clipping sobre a Independência da Catalunha (em português): Quinta feira, 18 de setembro de 2014

LE MONDE DIPLOMATIQUE – BRASIL

Um espectro ronda a Escócia, a Catalunha e o Brasil: Plebiscitos e lutas por Constituintes como horizonte transformador.

DIÁRIO DE NOTÍCIAS

Governo espanhol ameaça reagir a consultas na Catalunha

PÚBLICO:

Madrid tem plano para impugnar referendo catalão

RTP NOTÍCIAS:

Governo espanhol pode aumentar autonomia fiscal catalã a troco de anulação de referendo

Catalunha à espera do referendo e de olhos postos na Escócia

Continua llegint

Clipping sobre a Independência da Catalunha (em português): Terça feira, 16 de setembro de 2014

PÚBLICO:

Governo espanhol não descarta suspender autonomia da Catalunha para evitar referendo

JORNAL DE NOTÍCIAS:

Governo espanhol admite suspender autonomia catalã para impedir referendo

 DIÁRIO DIGITAL:

Madrid admite possibilidade de suspender autonomia catalã

 JORNAL DE NEGÓCIOS:

Madrid admite suspender autonomia da Catalunha para evitar referendo

 R7 NOTÍCIAS:

Espanha ameaça suspender autonomia da Catalunha

Clipping sobre a Independência da Catalunha (em português): Segunda feira, 15 de setembro de 2014

CORREIO DA MANHÃ:

GOVERNO CATALÃO VAI ORGANIZAR A CONSULTA DE 9 DE NOVEMBRO – ARTUR MAS

OBSERVADOR:

Governo catalão vai organizar a consulta de 9 de novembro

JORNAL DA MADEIRA:

Catalunha vive momento “transcendente e decisivo” para o futuro “do país” – Artur Mas

DIÁRIO DE NOTÍCIAS:

Governo catalão vai organizar a consulta de 9 de Novembro, diz Artur Mas

 DIÁRIO DA LIBERDADE:

Escócia e Catalunha: semelhanças e diferenças no caminho para a independência

Clipping sobre a Independência da Catalunha (em português): Sábado, 13 de setembro de 2014

ESPN:

Torcida do Barcelona comemora Dia da Catalunha com letreiro ‘seremos livres’

ESPN:

Veja como foi a comemoração do Dia da Nacional da Catalunha em Barcelona

G1 / EXTRA:

Guardiola se mostra favorável a referendo sobre independência catalã

LANCENET:

Guardiola se mostra favorável a referendo sobre independência catalã

LANCENET:

Piqué leva filho às ruas para passeata pelo Dia Nacional da Catalunha

Continua llegint

O Dia Depois do Dia V: Clipping sobre a Independência da Catalunha (em português): Sexta feira, 12 de setembro de 2014

FOLHA DE SÃO PAULO:

Foto mundo – dia nacional da Catalunha

 FOLHA DE SÃO PAULO:

Multidão se reune em Barcelona para apoiar consulta pela separação

DW:

Catalunha busca independência

DW:

Protesto reivindica referendo sobre independência da Catalunha

 ZERO HORA:

A Escócia e a Catalunha podem se tornar independentes?

 UOL:

Protesto reivindica referendo sobre independência da Catalunha

OBSERVADOR:

Presidente catalão garante que consulta de 9 de novembro se realizará

Continua llegint